DIA DA EDUCAÇÃO, 28/04

28/04/2011

 

POR ANA CAROLINA (9º ANO)

    Dia 28/04 é comemorado o dia da educação. Educação segundo o Novo Dicionário da Língua Portuguesa, de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, educação é: “Processo de desenvolvimento da capacidade física, intelectual ou moral da criança e do ser humano em geral, visando à sua melhor integração individual e social”. A educação quando pensamos, nos dá uma ideia de escola, aprendizagem etc. Porém não é só nisso que a educação se baseia. A educação é algo, que se nasce aprendendo e morreremos aprendendo. Esse processo começa com nossa família, no segundo momento entra em cena a escola, dando início a instrução da criança.
    A educação em nosso país é pouco valorizada e é uma área que tem muito a melhorar. Já existem diversos projetos que beneficiam estudantes, porém existe uma carência de investimentos.
    Quanto ao dia da educação, parabéns a nossos pais, professores, mestres, amigos, familiares que a todo momento estão nos ensinando e nos educando!!!
    “A boa educação é a base de uma nação consciente de seus direitos e deveres, que é capaz de construir o melhor para si e seu país, contribuindo para uma sociedade mais justa e com alta qualidade de vida.”

Anúncios

ESTAÇÃO CIÊNCIAS EM SP

28/04/2011
ESTAÇÃO CIÊNCIAS – USP

POR ALLAN (8º ANO)

 

Bem, como todos sabem, a viagem para à Estação Ciência, em São Paulo, está chegando.
Por esse motivo, há poucos dias, foi enviado um bilhete com as recomendações sobre o que deve ser levado na viagem. Este continha, também, algumas recomendações.
O que deve ser levado?
Recomenda-se que os alunos levem uma troca de roupas, uma garrafinha de água, uma mochila com lanche e/ou dinheiro para almoçar (será feito em um shopping, no bairro da Lapa) e tomar café da manhã (será realizado no posto Rodo Serv).
Recomendações aos pais
Recomenda-se que os pais conversem com os filhos sobre o dinheiro que deverá ser gasto e sobre as responsabilidades de viajar para uma metrópole sem a família.
Recomendações aos alunos
Recomenda-se que os alunos não se afastem dos professores e gastem o seu dinheiro com inteligência.
A viagem acontecerá no dia 29/04 (sexta-feira). Para os alunos que não forem ao passeio terá aula normal, com um prova de matemática.


SOLIDARIEDADE!

26/04/2011

…ENTREGA DE OVOS AOS REPRESENTANTES DO “PROJETO CANÁ”

Na última quarta-feira, 20/04, foi entregue aos representantes do Projeto Caná (Clique aqui e conheça o Projeto Caná) vários ovos de Páscoa, arrecadados pelos alunos do Colégio Alfa Beta.

Como parte do Projeto Virtudes, também com aulas ministradas em sala pelo Pofessor Jefferson de História, os alunos mostram na prática o que aprendem na teoria.

 O colégio sempre priva pelos valores que influenciam positivamente o carater de nossos alunos.

Nada melhor que as imagens para mostrar este gesto simples e de coração que proporcionamos ao Projeto Caná, veja:

 

 

 

 


Lei que proíbe sacolas plásticas em Belo Horizonte

26/04/2011

Por Carolina (6º Ano)  

            Em Belo Horizonte, entrou em vigor hoje a Lei nº 9.529/08, que proíbe o uso de sacolinhas plásticas em supermercados, farmácias, padarias e lojas.

            Os consumidores deverão usar sacolas biodegradáveis ou de uso continuo.

As biodegradáveis causam menos danos ao meio ambiente, mas em compensação são mais caras que as sacolas plásticas. A expectativa é que cerca de 450mil sacolas plásticas deixem de ser consumidas na cidade.

            Os estabelecimentos, que não respeitem a lei, terão uma multa de mil reais e se infringirem a lei por 2º vezes, a multa dobrará.

            Que bela iniciativa de cidadania e sustentabilidade!


CELEBRAÇÃO DA PÁSCOA

24/04/2011
 … COMEMORAÇÃ DE UMA NOVA VIDA.

            A Páscoa (do hebraico Pessach, significando passagem através do grego Πάσχα) é um evento religioso cristão, normalmente considerado pelas igrejas ligadas a esta corrente religiosa como a maior e a mais importante festa da Cristandade. Na Páscoa os cristãos celebram a Ressurreição de Jesus Cristo depois da sua morte por crucificação que teria ocorrido nesta época do ano em 30 ou 33 da Era Comum. A Páscoa

Libertação dos judeus do domínio egípcio

pode cair em uma data, entre 22 de março e 25 de abril. O termo pode referir-se também ao período do ano canônico que dura cerca de dois meses, desde o domingo de Páscoa até ao Pentecostes.

            Os eventos da Páscoa teriam ocorrido durante o Pessach, data em que os judeus comemoram a libertação e fuga de seu povo escravizado no Egito. A palavra Páscoa advém, exatamente do nome em hebraico da festa judaica à qual a Páscoa cristã está intimamente ligada, não só pelo sentido simbólico de “passagem”, comum às celebrações pagãs (passagem do inverno para a primavera) e judaicas (da escravatura no Egito para a liberdade na Terra prometida), mas também pela posição da Páscoa no calendário, segundo os cálculos que se indicam a seguir.

Início da Primavera

            No português, como em muitas outras línguas, a palavra Páscoa origina-se do hebraico Pessach. Os espanhóis chamam a festa de Pascua, os italianos de Pasqua e os franceses de Pâques.

            Os termos “Easter” (Ishtar) e “Ostern” (em inglês e alemão, respectivamente) parecem não ter qualquer relação etimológica com o Pessach (Páscoa). As hipóteses mais aceitas relacionam os termos com

Ressurreição de Cristo

 Estremonat, nome de um antigo mês germânico, ou de Eostre, uma deusa germânica relacionada com a primavera que era homenageada todos os anos, no mês de Eostremonat, de acordo com o Venerável Beda, historiador inglês do século VII. Porém, é importante mencionar que Ishtar é cognata de Inanna e Astarte (Mitologia Suméria e Mitologia Fenícia), ambas ligadas a fertilidade, das quais provavelmente o mito de “Ostern”, e consequentemente a Páscoa (direta e indiretamente), tiveram notórias influências.


DESCOBRIMENTO DO BRASIL

22/04/2011

Em 22 de abril de 1500 chegava ao Brasil 13 caravelas portuguesas lideradas por Pedro Álvares Cabral. A primeira vista, eles acreditavam tratar-se de um grande monte, e chamaram-no de Monte Pascoal. No dia 26 de abril, foi celebrada a primeira missa no Brasil.

Após deixarem o local em direção à Índia, Cabral, na incerteza se a terra descoberta tratava-se de um continente ou de uma grande ilha, alterou o nome para Ilha de Vera Cruz. Após exploração realizada por outras expedições portuguesas, foi descoberto tratar-se realmente de um continente, e novamente o nome foi alterado. A nova terra passou a ser chamada de Terra de Santa Cruz. Somente depois da descoberta do pau-brasil, ocorrida no ano de 1511, nosso país passou a ser chamado pelo nome que conhecemos hoje: Brasil. 

A descoberta do Brasil ocorreu no período das grandes navegações, quando Portugal e Espanha exploravam o oceano em busca de novas terras. Poucos anos antes da descoberta do Brasil, em 1492, Cristóvão Colombo, navegando pela  Espanha, chegou a América, fato que ampliou as expectativas dos exploradores. Diante do fato de ambos terem as mesmas ambições e com objetivo de evitar guerras pela posse das terras, Portugal e Espanha assinaram o Tratado de Tordesilhas, em 1494. De acordo com este acordo, Portugal ficou com as terras recém descobertas que estavam a leste da linha imaginária ( 200 milhas a oeste das ilhas de Cabo Verde), enquanto a Espanha ficou com as terras a oeste desta linha. 

Mesmo com a descoberta das terras brasileiras, Portugal continuava empenhado no comércio com as Índias, pois as especiarias que os portugueses encontravam lá eram de grande valia para sua comercialização na Europa. As especiarias comercializadas eram: cravo, pimenta, canela, noz moscada, gengibre, porcelanas orientais, seda, etc. Enquanto realizava este lucrativo comércio, Portugal realizava no Brasil o extrativismo do pau-brasil, explorando da Mata Atlântica toneladas da valiosa madeira, cuja tinta vermelha era comercializada na Europa. Neste caso foi utilizado o escambo, ou seja, os indígenas recebiam dos portugueses algumas bugigangas (apitos, espelhos e chocalhos) e davam em troca o trabalho no corte e carregamento das toras de madeira até as caravelas. 

Foi somente a partir de 1530, com a expedição organizada por Martin Afonso de Souza, que a coroa portuguesa começou a interessar-se pela colonização da nova terra. Isso ocorreu, pois havia um grande receio dos portugueses em perderem as novas terras para invasores que haviam ficado de fora do tratado de Tordesilhas, como, por exemplo, franceses, holandeses e ingleses. Navegadores e piratas destes povos, estavam praticando a retirada ilegal de madeira de nossas matas. A colonização seria uma das formas de ocupar e proteger o território. Para tanto, os portugueses começaram a fazer experiências com o plantio da cana-de-açúcar, visando um promissor comércio desta mercadoria na Europa.

 

Fonte: http://www.historiadobrasil.net/descobrimento/

 

 


DIA DO METALÚRGICO, 21/04

21/04/2011

 Por Ana Carolina(9ºAno)

No dia 21/04 é comemorado o dia do metalúrgico. Um metalúrgico pode ser considerado um especialista. Existem diversos ramos na indústria metalúrgica. Um metalúrgico com formação técnica e especializada trabalha em um ramo mais fácil no qual tem de fazer acabamentos e dando forma a todos os tipos de matérias feitos a partir do metal. O metalúrgico com formação superior e científica atua na extração de extração de minérios da sua transformação em metais, ligas metálicas e da sua utilização na produção de máquinas, estruturas metálicas ou peças. Ele pratica a tarefa de ajustar os materiais metálicos nas funções na qual serão submetidos. Esse trabalho requer um profundo conhecimento da composição e das características dos metais.

Lula: lider do Sindicato dos Metalúrgicos

Para quem não sabe os metalúrgicos constituem a maior parte de trabalhadores de classes diferentes para lutar pelos direitos da profissão.  Um exemplo desses trabalhadores é o ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva, eleito para os mandatos de 2003 e 2007. Foi aposentado como torneiro-mecânico e foi fundador e primeiro Presidente do partido dos Trabalhadores (PT)

Pelo dicionário a metalurgia é o “ramo da engenharia que se ocupa da produção de metais e de suas ligas, bem como de sua adequação ao uso”, como também é o “estudo das reações químicas que intervêm nos processos de fabricação dos metais e das propriedades físicas, químicas e mecânicas dos materiais metálicos”.A Revolução Industrial, que ocorreu por volta do século XVIII,ajudou no processo da metalurgia ao substituir a mão-de-obra pelas máquinas. O metal começou a ser utilizado em grande quantidade na fabricação de equipamentos, dando origem à chamada “indústria de base”, especializada na transformação dos metais para aplicação em outras indústrias.