DIA DO TRABALHO, 01/05

01/05/2011

Por Ana Carolina (9º Ano)

Obra de Tarcila do Amaral - "Operários"

Dia 1° de maio, dia do trabalho.
O dia do trabalho foi criado com o intuito de comemorar as conquistas dos trabalhadores ao longo da história. Em 28 de maio de 1886 ocorreu uma manifestação de trabalhadores em Chicago. O dia do trabalho foi nomeando por um congresso socialista em Paris em homenagem a esses protesto. Esse protesto ficou conhecido como a revolta de haymarket. Centenas de trabalhadores foram as ruas protestar sobre as condições precárias de serviço e enormes cargas horárias (13 horas diárias). O desfecho dessa história foi milhares de protestantes feridos e mortos.
O dia do trabalho é um dia merecido a todos os tipos de trabalhadores. Desde a criação desse dia, vários textos sobre o mesmo tema foram criados, como por exemplo, essa poesia feita por um autos desconhecido:

É bom trabalhar.

Depende de você. Não pense que está ganhando pouco
ou que está se esforçando mais do que deve.
O seu trabalho torna-se penoso.
O trabalho é o equilíbrio da sua vida. Sem ele, você enfraqueceria
suas forças. Cairia no desânimo. Estacionaria material e espiritualmente.
Já ao começar do dia, agradeça a Deus pelo serviço a fazer.
Lembre-se que Deus trabalha sempre.
Não exagere, porém.
Tudo fora dos limites é prejudicial.
Nós vivemos uns dos outros através do trabalho que Deus nos deu.
Bom dia do trabalho a todos !!!

 


DIA DA EDUCAÇÃO, 28/04

28/04/2011

 

POR ANA CAROLINA (9º ANO)

    Dia 28/04 é comemorado o dia da educação. Educação segundo o Novo Dicionário da Língua Portuguesa, de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, educação é: “Processo de desenvolvimento da capacidade física, intelectual ou moral da criança e do ser humano em geral, visando à sua melhor integração individual e social”. A educação quando pensamos, nos dá uma ideia de escola, aprendizagem etc. Porém não é só nisso que a educação se baseia. A educação é algo, que se nasce aprendendo e morreremos aprendendo. Esse processo começa com nossa família, no segundo momento entra em cena a escola, dando início a instrução da criança.
    A educação em nosso país é pouco valorizada e é uma área que tem muito a melhorar. Já existem diversos projetos que beneficiam estudantes, porém existe uma carência de investimentos.
    Quanto ao dia da educação, parabéns a nossos pais, professores, mestres, amigos, familiares que a todo momento estão nos ensinando e nos educando!!!
    “A boa educação é a base de uma nação consciente de seus direitos e deveres, que é capaz de construir o melhor para si e seu país, contribuindo para uma sociedade mais justa e com alta qualidade de vida.”


DIA DO EXÉRCITO BRASILEIRO

19/04/2011

O Exército do Brasil e suas formas de fazer a defesa nacional

Por: Gabriela Chiavone (9° ano)

     No dia 19 de abril comemora-se o dia do Exército Brasileiro. A data é marcada pela primeira luta dos povos do Brasil contra a dominação holandesa, em 1648. Os indivíduos que treinam e lutam para defender os espaços e direitos de um país são os integrantes dessa corporação.

O Brasil possui três forças armadas, responsáveis pela defesa do país, e o exército é uma delas.

No período de 1808 até 1967 o responsável pelas ações do exército era o ministério da guerra; entre 1967 e 1999, o controle passou a ser feito pelo ministério do exército. A partir de 1999, criou-se o ministério da defesa, responsável pela defesa nacional, unindo as três forças armadas do país: o exército, a marinha e a aeronáutica.

O comandante supremo do exército brasileiro é o presidente da república, mas existem os cargos hierárquicos dentro da corporação.

As tropas do exército praticam fortes treinamentos, como preparo para operar em circunstâncias de guerra e de conflitos mais extremos. São responsáveis pela segurança da pátria junto às fronteiras, compartilhando tal responsabilidade com os serviços da aeronáutica.

Além disso, o exército participa de campanhas sociais, leva alimentos e faz serviços de atendimento médico às localidades do país que são muito isoladas, onde a população não tem acesso aos mesmos.

Para ingressar no exército do Brasil é necessário participar do alistamento militar, que acontece todos os anos. O serviço militar é obrigatório para os rapazes, que devem se alistar aos dezoito anos de idade. Existem vagas tanto para homens como para mulheres.

Caso haja interesse em participar dessas atividades após os dezoito anos de idade, o candidato deverá apresentar currículo, com graduação superior, podendo exercer cargos mais elevados, como os de tenentes.

A hierarquia do exército está dividida entre a infantaria, a cavalaria e a artilharia, indo de soldados até os cargos da alta patente.

O exército brasileiro é composto ainda por tropas de elite, especializadas em missões não convencionais, como a Brigada de Operações Especiais, a Brigada de Infantaria Paraquedista, além das especializadas em defender o bioma nacional.

No setor educacional, o exército desenvolve projetos de pesquisa, na área científico-tecnológica, através do IME (Instituto Militar de Engenharia), uma das melhores faculdades do país.

Quanto aos veículos blindados, entre carros de combate, veículos de tropa e outros, possui uma quantidade bem maior que as outras forças do Brasil.

Por ser mais popularmente conhecido, o exército brasileiro é formado com mais de duzentos mil soldados, tendo um cadastro de reserva que chega a quase quatro milhões.


DIA DO DESARMAMENTO INFANTIL, 15/04

14/04/2011

            “Você sabia que no Brasil e em todo o mundo existem crianças que utilizam armas de fogo? Triste, hein? Mas foi criada uma data comemorativa que lembra a importância de lutar pela paz mundial e que reforça o papel da criança na sociedade, que é estudar e brincar bastante. Estamos falando do dia 15 de abril, Dia do Desarmamento Infantil. Nessa data, lembramos que uma criança nunca deve utilizar e nem brincar com armas de fogo (nem com as de brinquedo).” (FONTE: http://www.miniweb.com.br/)

            Depois da tragédia em Realengo, RJ, não podemos nos esquecer de ações como o desarmamento infantil, pois as brincadeiras ajudam a reforçar comportamentos e padrões de sociabilidade. Veja esta matéria da Revista Época sobre a importância da brincadeira e imagine se o objeto da brincadeira for uma arma.

            “Brincar não é perda de tempo. Desde Freud, passando por Jean Piaget e Melanie Klein, psicólogos famosos concordam sobre a importância dos momentos lúdicos para o desenvolvimento psíquico e motor e para a convivência social.

            Entre 1 e 3 anos, as crianças já devem brincar com jogos de encaixe, de empilhar ou construir. São atividades desafiadoras que estimulam a coordenação e a concentração.

            A partir dos 5 anos, quebra-cabeças e jogos de memória são bons passatempos. Eles favorecem o raciocínio lógico. Os maiores já podem participar de jogos em grupo, fundamentais para o estabelecimento de limites e padrões de sociabilidade. Brincadeiras que têm regras desenvolvem o raciocínio estratégico.

            Na TV, os pais devem dar preferência à programas e desenhos não-violentos e que estimulem a criatividade e a fantasia.” (Revista Época – 30/06/2003)

            Não estimule a violência!


DIA DO PAN-AMERICANO, 14/04

13/04/2011

      Historicamente, em especial desde o século XIX, vêm sendo levados à frente movimentos em prol do Pan-Americanismo, ideal de integração e solidariedade entre os países do continente americano, defendido inicialmente pelo revolucionário venezuelano Simon Bolívar (1783-1830).

      Um dos resultados desse movimento foi a instituição do Dia Pan-Americano, em 14 de abril de 1890, derivado da Primeira Conferência Internacional dos Estados Americanos, realizada naquele ano, em Washington, Estados Unidos. O evento visou a incentivar a união e a cooperação no continente, mas esse objetivo deu-se na vertente do Monroismo, visão norte-americana do Pan-Americanismo. Essa visão divergia do Bolivarismo, voltado ao fortalecimento dos países que haviam sido colonizados pela Espanha, face a uma possível contra-ofensiva espanhola à sua independência.

      Conhecer a história dos eventos, documentos e instituições voltados à integração das Américas e o papel do Brasil nesse contexto pode ser um bom ponto de partida para refletir sobre as relações entre os países do continente.

 


HINO NACIONAL BRASILEIRO, 13/04

12/04/2011

…os hinos nacionais tentam refletir a união e glorificar a história e as tradições do país.

      A música do hino é de Francisco Manuel da Silva. Em 1831, tornou-se popular com versos que comemoravam a abdicação de Dom Pedro I. Posteriormente, à época da coroação de Dom Pedro II. sua letra foi trocada e a composição, devido a sua popularidade, passou a ser considerada como o hino nacional brasileiro, embora não tenha sido oficializada como tal. Após a proclamação da Republica os governantes abriram um concurso para a oficialização de um novo hino, ganho por Leopoldo Migues. Entretanto, com as manifestações populares contrárias à adoção do novo hino, o presidente da República, Deodoro da Fonseca, oficializou como Hino Nacional Brasileiro a composição de Francisco Manuel da Silva, estabelecendo que a composição de Leopoldo Migues seria o Hino da Proclamação da Republica. Durante o centenário da Proclamação da Independência em 1922, finalmente a letra escrita pelo poeta e jornalista Joaquim Osório Duque Estrada tornou-se oficial. A orquestração do hino é de Antônio Assis Republicano, e sua instrumentação para banda é do tenente Antônio Pinto Junior. A adaptação vocal foi feita por Aberto Nepomuceno e é proibida a execução de quaisquer outros arranjos vocais ou artístico instrumentais do hino.

      O Hino Nacional Brasileiro foi adquirida por 5:000$ cinco contos de réis a propriedade plena e definitiva da letra do hino pelo decreto n.º 4.559 de 21 de agosto de 1922 pelo então presidente Epitácio Pessoa e oficializado pela lei n.º 5.700, de 1 de setembro de 1971, publicada no Diário Oficial de 2 de setembro de 1971.

      A partir de 22 de setembro de 2009, o hino nacional brasileiro tornou-se obrigatório em escolas públicas e particulares de todo o país. Ao menos uma vez por semana todos os alunos do ensino fundamental devem cantá-lo.

Saiba mas sobre a introdução do Hino Nacinal, que atualmente não é mais cantada.

FONTE: http://www.escolas.sed.sc.gov.br


MULHER, WOMAN, KVINDE, DONNA…

08/03/2011

No século XVIII, sob ameaças de tortura, as mulheres eram condenadas a 12 horas de trabalho semanal. O Dia Internacional da Mulher, 8 de março, está intimamente ligado ao movimento feminista, que se dá a partir da Revolução Industrial (1789), com o intuito de melhores condições de trabalho. Então, em 8 de março de 1857, a primeira greve conduzida somente por mulheres é formada. As 129 tecelãs nova-iorquinas, em greve, foram brutalmente reprimidas e na tentativa de se protegerem dentro da fábrica, em que trabalhavam, foram trancadas e com aval dos proprietários, a polícia ateou fogo na fábrica, matando todas as tecelãs carbonizadas.

Em 1910, durante a II Conferência Internacional de Mulheres, realizada na Dinamarca, foi decretado Dia Internacional da Mulher no dia 8 de março, homenageando as operárias mortas em Nova Iorque.

Mas na é de hoje, que a injustiça contra a mulher vem sendo feita. Veja neste poema de Cora Coralina (que cita uma passagem bíblica) algumas palavras de injustiça contra a mulher:

“(…) A Justiça estendeu sua destra poderosa e
lançou o repto milenar:
“Aquele que estiver sem pecado
atire a primeira pedra”.
As pedras caíram
e os cobradores deram as costas.
O Justo falou então a palavra de eqüidade:
“Ninguém te condenou, mulher…
nem eu te condeno”.
A Justiça pesou a falta pelo peso
do sacrifício e este excedeu àquela. (…)”

(trecho de poema de Cora Coralina – “Mulher da vida, minha irmã”)

Parabéns a todas as mulheres, que bravamente ainda lutam por seus direitos, pois em um mundo que é preciso criar leis específicas para a proteção feminina, significa que ainda não há o reconhecimento da igualdade.