HOJE É DIA DA MATEMÁTICA (06/05)

06/05/2011

POR MARIA LUISA E NAJLA (9º ANO)

      Você sabia que dia 06 de maio é Dia Nacional da Matemática? Mas, e Matemática tem Dia? Tem! 

 

No dia 06 de maio de 1895 nasceu Júlio César de Melo e Souza, mais conhecido como Malba Tahan. Escritor e professor de Matemática, ele é autor de inúmeras obras literárias, dentre elas O Homem que Calculava, que relata as enigmáticas histórias de um calculista repleto de estratégias matemáticas na resolução de problemas cotidianos. 

Em referência a Júlio Cesar de Melo e Souza, o Dia Nacional da Matemática é comemorado em 6 de maio, de acordo com uma lei aprovada pelo Congresso Nacional no ano de 2004, no intuito de divulgar a ciência como uma importante ferramenta de trabalho humano.

 O objetivo dessa comemoração é divulgar a Matemática como área de conhecimento, sua história e suas aplicações no mundo, bem como sua ligação com outras áreas de conhecimento, buscando 

A SBEM criou essa data com o intuito de promover em todo o Brasil a realização de eventos comemorativos, suas possíveis relações com outras ciências e fazer as crianças discutirem a sua importância. O objetivo da data é difundir a ciência que para muitos é difícil, mas tão necessária em nosso dia-a-dia, afinal a matemática está em tudo, até naquela receita de bolo gostosa que a vovó faz. A comemoração só mostra que essa ciência não é nada chata e seu aprendizado pode ser divertido. E tentando derrubar aquele velho mito de que aprender Matemática é difícil e apenas privilégio de poucos. 

Nome:
Júlio César de Mello e Souza (pseudônimo: Malba Tahan)

Vida:
viveu 79 anos (1895 – 1974), a maior parte no Rio de Janeiro

Formação:
Colégio D. Pedro II

Escola Normal do RJ

Escola Politécnica do RJ (eng. Civil) 

Para quem não conhece, Malba Tahan foi escritor muito criativo que adorava elaborar enigmas em sala de aula para iniciar suas explicações. Suas histórias eram recheadas de aventuras misteriosas, com beduínos, xeiques, vizires, magos, princesas e sultões. Uma de suas obras mais conhecidas é O Homem que Calculava, que conta as aventuras de Beremis, um árabe que gostava de resolver os problemas da vida com soluções matemáticas. Os números e as propriedades numéricas eram, para ele, como seres vivos. Ele dizia que existem números alegres e bem-humorados, frações tristes, multiplicações carrancudas e tabuadas sonolentas. 

O personagem Malba Tahan

No início do século, era bastante difícil de os autores nacionais conseguirem publicar qualquer coisa: os livreiros e os donos de jornais tinham medo de ficar no prejuízo. Assim, procurando-se lançar-se como escritor, Mello e Souza resolveu criar uma figura exótica e estrangeira, o Malba Tahan , e passar como tradutor dos contos e livros desse.
Ao ler os Contos das Mil e Uma Noites, ainda menino, havia se apaixonado pela cultura árabe. Partindo desse conhecimento, e melhorando-o com outras leituras e inclusive curso de árabe, construiu seu personagem. Sua criação era uma rara figura: nascido em 1885, na Arábia Saudita, já muito moço fora nomeado prefeito de El Medina pelo emir; depois, foi estudar em Istanbul e Cairo; aos 27 anos, tendo recebido grande herança do pai, saiu em viagem de aventuras pelo mundo afora: Rússia, Índia e Japão. Em cada aventura, Malba Tahan sempre acabava envolvendo-se com algum engenhoso problema matemático, que resolvia magistralmente. 

O sucesso dessa idéia de Mello e Souza foi imediato e ele acabou escrevendo dezenas de livros para seu Malba Tahan:  A Sombra do Arco-Íris (seu livro predileto), Lendas do Deserto, Céu de Allah, etc. e o muito famoso O Homem que Calculava (que além de ter sido traduzido para várias línguas, vendeu mais de 2 milhões de exemplares só no Brasil e está na 42a edição).

Hoje, o valor pedagógico dessa obra é reconhecido até internacionalmente. Não menos meritória de aplausos é a criatividade entretenedora dos livros de Mello e Souza; o grande escritor Jorge Luiz Borges colocava-os entre os mais notáveis livros da Humanidade. 

Anúncios

ONTEM, 05/05, FOI DIA DA COMUNICAÇÃO

06/05/2011

POR YOHANA E ANA CAROLINA

      Ontem, dia 5 de maio comemoramos o Dia Nacional das Comunicações. Esse dia foi escolhido como uma homenagem ao nascimento do marechal Cândido Mariano da Silva Rondon, que era descendente de índios, destacado militar, sertanista e geógrafo brasileiro. “patrono” das comunicações do Brasil.

Marechal Cândido, mais conhecido como Marechal Rondon, foi ajudante da Comissão Construtora de Linhas Telegráficas que ligaram Goiás a Mato Grosso.  Teve uma importante participação ao levar as linhas do telégrafo até o Acre, atravessando 3.500km de sertão. Hoje a linha telegráfica foi substituída por linhas telefônicas.

Conforme a necessidade foi aumentando e as ideias surgindo cada vez mais e mais a comunicação foi ficando mais aprimorada a cada década. Hoje em dia existem diversos meios de comunicação, como a: internet, telefone, celular, televisão etc. O mundo conheceu um avanço tecnológico único, que afetou o modo de as pessoas se relacionarem e até a forma como se comunicam. Graças a tanta tecnologia hoje podemos conversar com pessoas à distância, rever acontecimentos, pesquisar, estudar, se comunicar e mais “N” coisas e tudo sem ao menos sair de casa!

Feliz dia da comunicação!


DIA DO METALÚRGICO, 21/04

21/04/2011

 Por Ana Carolina(9ºAno)

No dia 21/04 é comemorado o dia do metalúrgico. Um metalúrgico pode ser considerado um especialista. Existem diversos ramos na indústria metalúrgica. Um metalúrgico com formação técnica e especializada trabalha em um ramo mais fácil no qual tem de fazer acabamentos e dando forma a todos os tipos de matérias feitos a partir do metal. O metalúrgico com formação superior e científica atua na extração de extração de minérios da sua transformação em metais, ligas metálicas e da sua utilização na produção de máquinas, estruturas metálicas ou peças. Ele pratica a tarefa de ajustar os materiais metálicos nas funções na qual serão submetidos. Esse trabalho requer um profundo conhecimento da composição e das características dos metais.

Lula: lider do Sindicato dos Metalúrgicos

Para quem não sabe os metalúrgicos constituem a maior parte de trabalhadores de classes diferentes para lutar pelos direitos da profissão.  Um exemplo desses trabalhadores é o ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva, eleito para os mandatos de 2003 e 2007. Foi aposentado como torneiro-mecânico e foi fundador e primeiro Presidente do partido dos Trabalhadores (PT)

Pelo dicionário a metalurgia é o “ramo da engenharia que se ocupa da produção de metais e de suas ligas, bem como de sua adequação ao uso”, como também é o “estudo das reações químicas que intervêm nos processos de fabricação dos metais e das propriedades físicas, químicas e mecânicas dos materiais metálicos”.A Revolução Industrial, que ocorreu por volta do século XVIII,ajudou no processo da metalurgia ao substituir a mão-de-obra pelas máquinas. O metal começou a ser utilizado em grande quantidade na fabricação de equipamentos, dando origem à chamada “indústria de base”, especializada na transformação dos metais para aplicação em outras indústrias.

 


21 DE ABRIL É DIA DE TIRADENTES

21/04/2011

             Por Maria Luisa (9º Ano)

            O nome do líder da Inconfidência Mineira era Joaquim José da Silva Xavier. Nasceu na Vila de São Jose Del Rei (atual cidade de Tiradentes, Minas Gerais) em 1746, porém foi criado na cidade de Vila Rica (atual Ouro Preto).

            Antes mesmo de freqüentar a escola, já havia aprendido a ler e escrever com a mãe. Órfão de mãe e pai desde a juventude ficou sob a tutela de um tio até a maioridade, quando resolveu conhecer o Brasil. Já adulto, foi tropeiro, mascate e dentista (daí o apelido). Trabalhou em mineração e tentou a carreira militar, chegando ao posto de alferes no Regimento de Cavalaria Regular.

            Foi na tropa que Tiradentes entrou em contato com as idéias iluministas, que o entusiasmaram e inspiraria a Inconfidência Mineira, a primeira revolta no Brasil Colônia a manifestar claramente sua intenção de romper laços com Portugal, marcando o início do processo de emancipação política do Brasil.

Praça Tiradentes em Ouro Preto

            Tiradentes, com poucas influências econômicas e políticas, foi condenado à forca. Foi executado em 21 de abril de 1792. Partes do seu corpo foram expostas em postes na estrada que ligava o Rio de Janeiro a Minas Gerais. Sua casa foi queimada e seus bens confiscados.

            Com a morte de Tiradentes, o Estado português queria demonstrar uma punição exemplar para desencorajar qualquer revolta contra o regime colonial. Tiradentes tornou-se mártir da Independência e da República.


CAMPANHA DE PÁSCOA

14/04/2011

Por Allan (8º Ano “A”) publicado no Blog do 8º Ano

         Hoje, foi anunciado pelo coordenador do colégio (Luís Henrique) e pelo professor de História (Jefferson) que a campanha de Páscoa do colégio já começou.
         Ela consiste na arrecadação de ovos de Páscoa para uma doação que será feita à favela Ferradura Mirim.
         A classe que conseguir levar mais ovos terá o prazer de ir entregá-los, junto à coordenação e direção do colégio, e presenciar um momento de alegria.
         Os ovos não precisam ser grandes, e o recomendado pelo nosso coordenador foi que levássemos ovos pequenos.


DIA DA ÁGUA:

22/03/2011

O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 22 de março de 1992. O dia 22 de março, de cada ano, é destinado a discussão sobre os diversos temas relacionadas a este importante bem natural.

Painel confeccionado pela Prof. Carminha

      Mas porque a ONU se preocupou com a água se sabemos que dois terços do planeta Terra é formado por este precioso líquido? A razão é que pouca quantidade, cerca de 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável (própria para o consumo). E como sabemos, grande parte das fontes desta água (rios, lagos e represas) esta sendo contaminada, poluída e degradada pela ação predatória do homem. Esta situação é preocupante, pois poderá faltar, num futuro próximo, água para o consumo de grande parte da população mundial. Pensando nisso, foi instituído o Dia Mundial da Água, cujo objetivo principal é criar um momento de reflexão, análise, conscientização e elaboração de medidas práticas para resolver tal problema.


21 DE MARÇO:

22/03/2011

 

DIA INTERNACIONAL DA ELIMINAÇÃO DA DISCRIMINAÇÃO RACIAL

Por Prof. Jefferson

A Organizadas Nações Unidas – ONU – instituiu o dia 21 de março como o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial em memória do Massacre de Shaperville. Em 21 de março de 1960, 20.000 negros protestavam contra a lei do passe, que os obrigava a portar cartões de identificação, especificando os locais por onde eles podiam circular. Isso aconteceu na cidade de Johanesburgo, na África do Sul. Mesmo sendo uma manifestação pacífica, o exército atirou sobre a multidão e o saldo da violência foram 69 mortos e 186 feridos.

O dia 21 de março marca ainda outras conquistas da população negra no mundo: a independência da Etiópia, em 1975, e da Namíbia, em 1990, ambos os países africanos.

O que é discriminação racial?

A Convenção Internacional para a Eliminação de todas as Normas de Discriminação Racial da ONU, ratificada pelo Brasil, diz que:

“Discriminação Racial significa qualquer distinção, exclusão, restrição ou preferência baseada na raça, cor, ascendência, origem étnica ou nacional com a finalidade ou o efeito de impedir ou dificultar o reconhecimento e/ou exercício, em bases de igualdade, aos direitos humanos e liberdades fundamentais nos campos político, econômico, social, cultural ou qualquer outra área da vida pública” Art. 1.

EXEMPLOS DE LUTA QUE FICARAM NA HISTÓRIA

MARTIN LUTHER KING JR.

Foi um grande líder negro americano que lutou pelos direitos civis dos cidadãos, principalmente contra a discriminação racial. Martin Luther King era pastor e sonhava com um mundo onde houvesse liberdade e justiça para todos. Ele foi assassinado em 4 de abril de 1968. Sua figura ficou marcada na História da Humanidade como símbolo da luta contra o racismo.

MALCOLM X

Malcolm X, ou El-Hajj Malik El-Shabazz, foi outra personalidade que se sobressaiu na luta contra a discriminação racial. Ele não era tão pacífico como Luther King, que era adepto da não-violência, entretanto foram contemporâneos e seus ideais eram bem parecidos buscando a dignidade humana, acima de tudo.

NELSON MANDELA

Mandela foi o fundador da Liga Jovem do Congresso Nacional Africano, em 1944, e traçou uma estratégia que foi adotada anos mais tarde pelo Congresso na luta contra o apartheid. A partir daí ele foi o líder do movimento de resistência a opressão da minoria branca sobre a maioria negra na África do Sul.

ONTEM E HOJE, O NEGRO NO BRASIL

O Brasil foi a última nação da América a abolir a escravidão. Entre 1550 e 1850, data oficial do fim do tráfico de negros, cerca de 3.600.000 africanos chegaram ao Brasil. A força de trabalho desses homens produziu a riqueza do País durante 300 anos.

Apesar de a maior parte dos escravos não saber ler nem escrever, isso não significava que não tivessem cultura. Eles trouxeram para o Brasil seus hábitos, suas crenças, suas formas de expressão religiosa e artística, além de terem conhecimentos próprios sobre técnicas de plantio e de produção. Entretanto, a violência e a rigidez do regime de escravidão não permitiam que os negros tivessem acesso à educação.

“Se o racismo é um sentimento preconceituoso, daquele que se julga superior, então deveria ser ele o discriminado, pois quem mais poderia ser visto em sua extrema inferioridade senão o portador de tal arrogância, entre os da mesma raça”?

IVAN TEORILANG